MUNICÍPIOS

Carrazeda de Ansiães

O concelho de Carrazeda de Ansiães é uma terra antiga, variada e acolhedora que se estende por um território que possui uma das mais antigas demarcações com referências escritas na história do nosso país. Aqui, estamos num dos mais ancestrais concelhos portugueses, tendo a sua área territorial sido demarcada por volta do séc. XI, altura em que o rei leonês, Fernando Magno, lhe outorgou carta de foral.
Desde esse período, Ansiães marcou toda a história do Nordeste Transmontano, estabelecendo-se nesta região como uma das mais importantes fortalezas da margem direita do rio Douro. O concelho desenvolve-se num interfluvial, estando demarcado a Sul e a Oeste pelos encaixados vales dos rios Douro e Tua e a Norte e Nordeste pela amplidão de um planalto, onde emerge uma paisagem mais uniforme e aquietada.
O que marca esta circunscrição territorial e administrativa é, sem dúvida, a sua grande diversidade paisagística e os indeléveis testemunhos do seu rico passado histórico. De Foz Tua, ponto de encontro dos dois cursos fluviais, sobe-se, em cerca de meia hora, para a vila, sede do atual concelho. Neste percurso, com pouco mais de 15 quilómetros, experimenta-se uma verdadeira sensação de mudança. Num curto espaço de tempo, o xisto dá lugar ao granito, a vinha e a oliveira dão lugar ao castanheiro e à macieira, e o relevo deixa de ser agreste, abrupto, quase dramático, para se aquietar numa extensão aberta e calma, de silêncio e paz. Nos seus 281,8 km² vivem atualmente cerca de 7.600 habitantes distribuídos por 14 freguesias. Trata-se, portanto, de um concelho tipicamente rural que explora, economicamente falando, uma grande variedade de recursos agrícolas, onde o vinho, o azeite e a maçã constituem os produtos de maior rentabilidade.

Freixo de Espada a Cinta

Freixo de Espada à Cinta está inserido na província de Trás-os-Montes e Alto Douro, distrito de Bragança. Tem uma área aproximada é de 244,49 km2, situando-se a 41º 6`de latitude e 2º 20`de longitude a Este do meridiano de Lisboa. Fica a cerca de 180 Km a Nordeste da cidade do Porto, a 400 Km a Nordeste de Lisboa e 100 Km a Sul de Bragança, a uma altitude média de 471m. Os limites do seu concelho são:

– A Norte, o concelho de Mogadouro

– Oeste, o concelho de Torre de Moncorvo;

– Este, Espanha  (Província de Salamanca);

– Sul, o concelho de Figueira de Castelo Rodrigo.

Figueira de Castelo Rodrigo

Localizado no quadrante nordeste de Portugal, em pleno coração da região do Ribacôa, o Concelho de Figueira de Castelo Rodrigo é constituído por 17 freguesias dispersas por uma área de 508.72 Km2, onde de acordo com os censos de 2011, reside uma população de 6260 habitantes.Confina com os concelhos de Almeida, Pinhel, V. N. Foz Côa e Freixo de Espada à Cinta; a leste faz fronteira com a província espanhola de Salamanca. Os três principais rios que o limitam são o Douro, o Côa e o Águeda.

Miranda do Douro

Miranda do Douro (em mirandês Miranda de l Douro) é uma cidade portuguesa, pertencente ao Distrito de Bragança, na chamada Terra de Miranda. É sede de um município com 487,18 km² de área e 7 482 habitantes (2011), subdividido em 13 freguesias. O município é limitado a nordeste e sueste pela Espanha, a sudoeste pelo município de Mogadouro e a noroeste por Vimioso. Nesta região, além do português, fala-se o mirandês, segunda língua oficial em Portugal e que se trata de uma variante local da antiga língua ásturo-leonesa, própria do antigo Reino de Leão.

Mogadouro

No Nordeste do território nacional, integrado no distrito de Bragança, o concelho de Mogadouro faz fronteira com Espanha ao longo do rio Douro. Encaixado entre o vale profundo do Douro e a bacia do Sabor, ocupa o prolongamento do Planalto Mirandês que, por sua vez, dá seguimento ao Planalto Leonês (região de Zamora e Salamanca). Situado no Nordeste Transmontano, no Planalto Mirandês, entre o Rio Douro e Sabor.

Limitado pelos concelhos de Vimioso, Miranda do Douro, Alfândega da Fé, Torre de Moncorvo, e Freixo de Espada à Cinta e pelos Ajuntamentos ribeirinhos do Douro, de Salamanca e Zamora. Concelho extenso, 760,6 Km2, com 21 freguesias, 56 povoações, com 9.025 habitantes. Altura máxima de 992m na Serra da Castanheira, e uma altitude média de 700m. Dista 85 Km da capital de distrito – Bragança.
 

Torre de Moncorvo

O concelho de Torre de Moncorvo tem 8572 habitantes distribuídos por 13 freguesias numa área de cerca de 532 km2.Criado no séc. XIII, o concelho tem origem medieval no antigo concelho de Santa Cruz da Vilariça. D. Dinis, em 1285, que concede carta de foral a Torre de Moncorvo, dotando a vila de castelo e muralhas. Do séc. XV ao XVIII o concelho viveu uma grande fase de prosperidade devido à produção do linho cânhamo, da cultura da vinha, azeite, seda, lã, amêndoa e da exploração de ferro. No séc. XVI e na sequência da divisão administrativa do reino passou a sede de uma das 4 comarcas de Trás-os-Montes, que chegou a abarcar 26 vilas e 182 freguesias, com 96 km de extensão e outro tanto de largura, indo até terras de Chaves e Amarante. Torre de Moncorvo foi também, no séc. XIV, sede de Rabinato de Trás-os-Montes, herança essa muito forte e ainda visível não só na antiga sinagoga, nos doces de amêndoa, no Lagar da Cera de Felgueiras como nos nomes das ruas da vila. Os rios Sabor e Douro são uma marca na paisagem deste concelho. Não menos importante é o Vale da Vilariça, apelidado de “Vale do Nilo” Português, que do ponto de vista agrícola é um dos mais produtivos do país. Uma grande parte do concelho tem um microclima mediterrânico que lhe confere aptidões naturais para o cultivo da vinha, oliveira e amendoeira. Integra uma região onde se produzem excelentes vinhos generosos, o melhor azeite do mundo, e que é também a maior produtora de amêndoa no País. Uma das maiores jazidas de ferro da Europa, situada na Serra do Reboredo, poderá a médio prazo ter um papel importante na economia da região.

Vila Nova de Foz Côa

O Concelho de Vila Nova de Foz Côa fica situado a norte do Distrito da Guarda, Região Norte (NUTS II) e na sub-região do Douro (NUST III)  à Latitude N 41° 4’57.77″ e Longitude W 7° 8’12.04″. Está limitado com os concelhos de Torre de Moncorvo e Carrazeda de Ansiães (a Norte), com Mêda e Pinhel (a Sul), com Figueira de Castelo Rodrigo (a Este) e a Oeste com São João da Pesqueira e Penedono. É atravessado pelo Itinerário Principal, IP2, pela E.N 102 e 222, Possui uma área total de aproximadamente 398,2km², distribuídos pelas suas 14 freguesias. É um concelho com baixa densidade populacional, oscilando entre os sete e oito mil habitantes. Nas suas raízes Vila Nova de Foz Côa encontra o homem paleolítico que, com modestos artefactos, vincou na dureza do xisto ambições e projetos do seu universo espiritual e material, fazendo deste santuário o maior museu de arte rupestre ao ar livre, hoje Património da Humanidade.

Close Menu